Reflexão da semana: a carta

          
                                                                   http://viajarleyendo451.blogspot.com.br/2013/07/las-ventajas-de-ser-epistolar.html                                                           



Se eu tivesse que te escrever uma carta sincera, não seria de muito grande ajuda, seria mais algo sobre como eu enxergo tudo relacionado a você...                                                                            

Você ainda não aprendeu a ser feliz, daquele jeito ingênuo que fazemos quando coisas simples nos fazem sorrir, ou quando um simples "bom dia" ou "obrigado", transforma o nosso dia, nos faz enxergar o valor das pequenas atitudes, e como ainda pode existir gratidão no mundo e razões para continuar em frente.                                                                                                                              

Eu queria dizer que você não aprendeu a amar, não daquele jeito verdadeiro, daquele jeito onde um sorriso transforma o seu dia, daquela sensação de esperança e renovação de força, mesmo quando tudo parece não estar a favor, você tem o objetivo de seguir em frente por conta daquele sorriso, você entende o que é lutar e pelo que lutar, por você e por aquela pessoa, cujo sorriso, transformou sua vida.                                                                                                                                                    

Você ainda não aprendeu a dar valor aos sentimentos alheios, não entendeu o quanto dói se dedicar a alguém e sentir que nada do que você faz ou diz, causa qualquer reação ou faz a mínima diferença, por isso nada do que te dizem, ajuda você, talvez você nem preste atenção, não queira, ou simplesmente não precise.                                                                                                                 
Você já parou para pensar que essa sua covardia e desmazelado, demonstram o quanto você não está pronto para se relacionar ou valorizar qualquer pessoa, porque você ainda não aprendeu a se importar. Talvez ainda faltem uns dias em sua vida, então, se eu tivesse que te escrever uma carta, eu diria: você saberá a tremenda diferença de pensar em alguém e querer aquela pessoa na sua vida, não porque você merece ou porque você quer, mas porque você luta todos os dias para receber aquele sorriso que te impulsiona a viver, que te faz acreditar que o futuro faz sentido, porque o que você faz hoje e com quem faz, transforma até os dias mais nebulosos...você perceberá que os planos para o futuro virão sem nem perceber, porque a vida faz sentido, porque os conselhos são ouvidos, porque o que você quer não é apenas ver aquele sorriso todos os dias, você quer ser capaz de ter aquele sorriso, sentir a esperança, a força e ter um sentimento verdadeiro, entendendo as intenções por detrás de cada conselho que te dão, porque eram motivados por amor, amor esse vindo das pessoas pelas quais você realmente sentiu algo, o mesmo que elas sentem por você, entenderia o que é reciprocidade, que ela é sinônimo de felicidade, que ela vem naturalmente, que é a resposta a tudo que é bom e grato em nossas vidas, e aí você já entenderia tudo, eu não  gastaria tanto o meu léxico, pois se eu tivesse que te escrever uma carta sincera, eu não precisaria, você já seria verdadeiro, tanto quanto aquele amor que você ainda irá sentir.

Experiência: alongamento de unhas!

Olá, pessoas queridas! Mais uma semana acabando e venho compartilhar com vocês minha experiência com unhas de gel! Pra quem acompanha o blog, sabe o quanto eu adoro nailart e que quase toda semana eu tenho uma inspiração de unhas para compartilhar aqui e no meu insta (@lilistoianov), mas infelizmente ocorreu um imprevisto, quando minhas unhas começaram a quebrar, e uma quebrou de um jeito tão tenso, na carne, que não havia maneira de lidar com aquilo, e fiquei desesperada sem poder dar um jeito e pintar, e fazer a inspiração para o dia dos namorados! Foi quando decidi por fazer unhas em gel, cristal ou qualquer uma desse estilo, na esperança de colocar, poder fazer minhas nailarts, enquanto minhas unhas cresciam...mas não foi tão bom quanto imaginei!                                 Fiz o alongamento numa esmalteria conhecida aqui do bairro, dia 9 de junho, uma quinta, e na quarta na semana seguinte (dia 15), uma unha caiu, eu não liguei muito, pois foi uma unha do dedão, não faria tanta diferença nas fotos) mas no domingo dia 19, caiu uma unha da mão esquerda, dedo médio, foi quando tive a certeza de que além de não terem durado, super enfraqueceu minhas unhas.  Na segunda, dia 20, acabei retirando todas, e todas ficaram frágeis, moles e descamadas! Foram 150 reais mal gastos, mas fica aí a dica: pesquisem bem os preços, o trabalho da manicure e conversem com quem já fez, eu estava desesperada e não pensei muito, achei que durariam mesmo 1 mês (ou até mais), mas preferi tirar, pois não quis gastar mais 75 com a manutenção e recolocação das que haviam caído. Mas o fator principal foi: o estrago que o material causou nas unhas, que sei que vão demorar um bom tempo para se recuperar!
Então pessoas, de novo, muito cuidado e pesquisem bem, verifiquem a necessidade, gastos, enfim, prós e contras! Eu já fiz 3 vezes, apenas a segunda foi bem sucedida, e realmente aprovei o trabalho que foi feito, a primeira e essa terceira, eu não aprovei! Abraços e ótima semana (seguem as fotos)


 Minhas unhas naturais

Quebradas

Alongando com o gel e as tips

Antes e depois do alongamento

Quando fiz a nail art do dia dos namorados (não ficaram com aspecto de naturais)

Quando quebrou a segunda unha

Como elas ficaram depois que tirei tudo (destruídas - nunca mais!)

Fim! 

Translate